terça-feira, 23 de janeiro de 2018

Moro não esclareceu algumas dúvidas para condenar Lula, diz jornalista

A primeira dúvida apresentada pelo jornalista Leonardo Sakamoto foi a seguinte: "Pode-se condenar alguém sem informar qual crime exatamente ela cometeu"?, questiona; sobre a segunda dúvida, o blogueiro diz que Moro disse não haver "recursos da Petrobras " no triplex; "Mas isso não levaria à perda de sua competência sobre o caso"?; Sobre a terceira dúvida, o jornalista pergunta o que Lula ganhou, "uma vez que não tinha nem posse, nem propriedade?"

"Se o ex-presidente por alguma razão teme pelo resultado do julgamento, Sérgio Moro não deve temer menos. No caso de Lula, há sempre a possibilidade de recursos. Mas no caso de Moro, não há instâncias às quais ele poderá recorrer – nem mesmo ao tribunal da opinião pública", diz o colunista Carlos Lindenberg; segundo ele, Moro, que condenou Lula por uma sentença absolutamente frágil e colocou em risco a democracia brasileira, é quem estará sendo julgado pela História.


LULA X TRF4 ----- Contagem regressiva. A grande imprensa internacional já entendeu tudo....e aqui?

Artigo publicado nesta terça-feira no New York Times, assinado por Mark Weisbrot, aponta que, ao agir de forma partidária, o juiz Sergio Moro colocou a democracia brasileira à beira do abismo; ele afirma ainda que Lula foi condenado a nove anos e meio de prisão por evidências que jamais seriam levadas a sério num sistema judicial independente, como o dos Estados Unidos; por fim, ele afirma que se um Poder Judiciário politizado for capaz de barrar o líder político mais importante da história brasileira, o Brasil viverá uma calamidade. 

Comentário do blogueiro - Quem envergonha o Brasil? Lula ou a justiça partidária que vem predominando no cenário nacional? Não há um jurista brasileiro  ou internacional que tenha lido a sentença completa do Moro que tenha encontrado razões materiais para a condenação do ex-presidente. Não está se dizendo que ele é santo. - como ninguém, aliás, o é, principalmente político, - está se afirmando que é preciso ter provas cabais para condenar alguém...caso contrário amanhã poderá ser você, eu, o seu filho ser preso e condenado por um juiz que o odeia, ou o antipatizou, ou tem uma visão política diferente, etc. Afinal, são os direitos sagrados de uma pessoa que estão em jogo. E isto vale, inclusive para Aecim, Serra, Temer, Bolsonaro e muitos outros dos quais, infelizmente, sobram as provas técnicas....

segunda-feira, 22 de janeiro de 2018

Beira Mar

Beira mar 
por Vânia

Na terra em que o mar não bate
Não bate o meu coração
O mar onde o céu flutua
Onde morre o sol e a lua
E acaba o caminho do chão

Nasci numa onda verde
Na espuma me batizei
Vim trazido numa rede
Na areia me enterrarei
Na areia me enterrarei

​Ou então nasci na palma
Palha da palma no chão
Tenho a alma de água clara
Meu braço espalhado em praia
Meu braço espalhado em praia

E o mar na palma da mão
No cais, na beira do cais
Senti o meu primeiro amor
E num cais que era só um cais
Somente mar ao redor
Somente mar ao redor

Mas o mar não é todo mar
Mar que em todo mundo exista
O melhor, é o mar do mundo
De um certo ponto de vista
De onde só se avista o mar
A ilha de Itaparica

A Bahia é que é o cais
A praia, a beira, a espuma
E a Bahia só tem uma
Costa clara, litoral
Costa clara, litoral

É por isso que é o azul
Cor de minha devoção
Não qualquer azul, azul
De qualquer céu, qualquer dia
O azul de qualquer poesia
De samba tirado em vão
É o azul que a gente fita
No azul do mar da Bahia
É a cor que lá principia
E que habita em meu coração
E que habita em meu coração

terça-feira, 16 de janeiro de 2018

VALE - Mais uma condenação....por crime ambiental!

A Justiça Federal condenou a mineradora Vale a reparar os danos ambientais relativos ao assoreamento de rios e igarapés e ao enfraquecimento do solo de área impactada por operações da empresa no território quilombola de Jambuaçu, em Moju, no nordeste do Pará. A decisão, do juiz federal Arthur Pinheiro Chaves, que atua em Belém, foi encaminhada para conhecimento do Ministério Público Federal (MPF), autor na ação, nesta segunda-feira (15).Pelo território passam uma linha de transmissão de energia e minerotudo da Vale, que transporta bauxita da mina Miltônia 3, em Paragominas, no sudeste paraense, até a refinaria da Alunorte em Barcarena, município vizinho a Belém. Na área considerada pela Justiça como diretamente impactada e onde os danos devem ser reparados vivem 58 famílias, em sete comunidades (Centro Ouro, Nossa Senhora das Graças, São Bernardino, Bom Jesus, Santa Luzia do Tracuateua, Santa Maria do Tracuateua e São Sebastião). "Não há dúvidas de que o laudo pericial apontou, como principais problemas ambientais decorrentes do empreendimento, as questões relativas ao assoreamento dos rios e igarapés, bem como o enfraquecimento do solo nas áreas de servidão, decorrentes da necessidade de constante limpeza”, aponta o juiz federal na sentença.A empresa também foi condenada a colocar em prática projeto de geração de renda para as famílias atingidas.Até que a iniciativa esteja implementada, a mineradora terá que manter o pagamento de compensação financeira no valor de dois salários-mínimos mensais às famílias atingidas que participarem do processo de implementação do projeto.(Fonte: MPF/PA)

domingo, 14 de janeiro de 2018

Cajueiro - Familias tentam reconstruir casa derrubada ilegalmente pela empresa WTorre com apoio da PM do Maranhão

 O drama não tem fim para a comunidade do Cajueiro, na ilha de Upaon Açu! Dias atrás sem nenhuma explicação um grupo de homens da empresa WTorre que pretende construir um porto privado expulsando famílias e desmatando criminosamente derrubou uma casa de um senhor. Agravante: quatro carros da PM davam cobertura. Até o presente momento o governo do Estado não explicou de onde partiu a ordem de dar cobertura a tamanha ilegalidade. Hoje, domingo 14 de janeiro, várias famílias do Cajueiro e apoiadores de outras regiões se dirigiram ao local da casa derrubada com a intenção de reconstruí-la. Mal chegaram e já apareceu lá uma viatura da polícia junto com um carro da empresa, tentando impedir. Depois de alguns minutos eles saíram, mas os moradores acham que foram buscar reforço. Foram feitas várias tentativas para contatar a Secretaria de segurança, mas em vão. Teme-se que possa eclodir em violência.
Escrito em tempo real...

Até VEJA se rende às evidências de corrupção do careca Serra

Depois de fazer campanha pelo tucano José Serra em duas campanhas presidenciais, as de 2002 e 2010, quando ele foi derrotado pelos ex-presidentes Lula e Dilma, a revista Veja quebrou a blindagem e disse que o senador – tal qual um vampiro – recebeu propina na veia; Veja se refere à denúncia feita por Pedro Novais, presidente da Odebrecht, de que ele recebeu propinas de R$ 52,4 milhões da empreiteira, em contrapartida a favores concedidos pelo governo de São Paulo

' Boçalnaro' gasta uma grana monstra para se projetar e mostra evidente desequilíbrio. Contudo, se até Trump se elegeu...por que não ele também?

Com a tentativa de viabilizar o seu nome para a eleição presidencial, o deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ) aumentou seus gastos com passagens aéreas pagas com dinheiro público da Câmara dos Deputados; segundo levantamento feito pelo Estadão/Broadcast, nesta legislatura (entre 2015 e 2017), o parlamentar gastou 39% mais com passagens custeadas pela Câmara do que no período anterior (de 2011 a 2014): passou de R$ 261 mil para R$ 362 mil

Esse Bolsonaro é mesmo um 'BOÇAL". Dias atrás perguntado por uma jornalista da Folha (sobre a qual tempos atrás dizia que o que aparecia nela era verdade....) como gastava a grana acumulada respondeu que 'servia para comer gente! Está satisfeita agora, ou não'! Ele é o mesmo que mais recebeu grana mediante emendas parlamentares na transação com Temer-ário para a provação de reforma trabalhista e outras....Parece que nada disso abala os fanáticos seguidores de mais uma farsa-fantoche! Boa sorte!